quarta-feira, 27 de maio de 2009

TERCEIRA TEORIA DE PSICOVITALIDADE GRACELIANA

TERCEIRA TEORIA DE PSICOVITALIDADE GRACELIANA

A PERSONALIDADE NÃO EXISTE COMO RESULTADO E PRODUÇÃO DOS INCONSCIENTES QUE FORMA O SER. MAS SIM, EXISTE COM RESULTADO E CONSEQUENCIA DO UNIVERSO VITAL.


Autor . ANCELMO LUIZ GRACELI.

Brasileiro, professor, pesquisador teórico, graduado em filosofia.

ancelmoluizgraceli@hotmail.com

Rua Itabira, n 5, Rosa da penha, Cariacica, Espírito Santo, Brasil.

Trabalho registrado na Biblioteca Nacional. Brasil.

Colaborador. Márcio Piter Rangel.

DO QUASE NADA TUDO PODE SURGIR – EXCETO DEUS. POIS É O ÚNICO ABSOLUTO.


PSICOVITALGÊNESE.

PSICOVITALOGIA GRACELIANA.

AS NEUROSES SURGEM POR CAUSA DE MAU FUNCIONAMENTO VITAL.

O ser vivo não nasce numa sociedade que ele vai ser moldado por esta sociedade, mas sim ele nasce num universo vital, que ele será moldado conforme este universo. A MENTE DO SER É PRODUTO DO SEU UNIVERSO VITAL.

A mente, a psiquê tem haver com o universo vital que o constitui.

As neuroses e psicoses são causas de mau funcionamento vital do ser vivo. Que produz este mau funcionamento, levando-o a neuroses e psicoses.

Neuroses e psicoses não têm haver com sexualidade.

A sexualidade é parte e função da reprodução e transcendência da vida.

E não produz a neurose. Ou seja, é mais uma ferramenta produzida pela vida para trabalhar em função da vida.

Pode-se confirmar o que está sendo sustentado que famílias e irmãos possuem desvios psíquicos e neurose. Logo também é genético.


O ser vivo não nasce num meio social que vai moldar a sua personalidade, mas sim ele nasce com um potencial vital, que o constitui. E produz a sua mente, a personalidade, anseios, e a sua existencialidade.

[a existencialidade é o ser existente num seu mundo vital, existencial, psíquico e do mundo].

Ou seja, ele é um todo dentro dele mesmo, e este todo que vai refletir a sua psiquê e personalidade.

Ele é o eu funcional, eu vital. Que produz a personalidade.

As variações de personalidade ocorrem a todo o momento, e variam em grau conforme o universo vital se encontra no seu funcionamento.

A sexualidade não tem função na formação da personalidade, da psiquê ou do inconsciente.

A sexualidade tem a função reprodutiva e transcendental da existência do ser vivo.

A personalidade, a psiquê e o inconsciente já nasce com a pessoa. E faz parte do seu universo vital.

Que é recebido por herança e continuidade dos ascendentes.

O ser nasce com vários elementos e componentes que forma o seu universo vital. Dentro do universo vital tem o universo psíquico. E a personalidade, psiquê, mente, racionalidade, emoções, inconsciente, eu, mim, sobre mim. E outros. Todos fazem parte deste universo psíquico.


A sexualidade faz parte do universo reprodutivo, transcendental e orgânico. Não tem ligação com o universo psíquico.

Apesar de que o universo sexual também é parte do universo vital.

Assim, o ser vivo já nasce com o seu inconsciente, e o seu inconsciente de comportamento e de personalidade.

Apenas vão registrar neste inconsciente acontecimento, valores, padrões, comportamentos adquiridos. Porem já nasce consigo a base, a estrutura do seu inconsciente e do eu. Do mim, e do voltado para si.

A estrutura do inconsciente é parte do universo psíquico e vital, e que lhe é transmitido pelos ascendentes.

A neurose é parte do mau funcionamento do universo vital e psíquico.

Não tem haver com sexualidade e sociabilidade.

O universo psíquico procura o encontro de si e satisfação existencial com o universo vital.

AS NEUROSES NÃO SÃO PROVOCADAS PELO DESVIO DA ORIGINALIDADE DAS PESSOAS, ATRAVÉS DE BLOQUEIOS SEXUAIS E SOCIAIS À AFETIVIDADE. PORTANTO COM FENÔMENO SÓCIO POLÍTICO.

Mas sim, a neurose é parte da natureza produzida pelo mau funcionamento do universo vital e psíquico. Que é recebido da herança dos ascendentes.

Ou seja, a neurose está antes dele, é inata e faz parte da sua natureza vital, psíquica e inconsciente.

O bom funcionamento também é parte da herança vital e psíquica.

O ser já nasce neurótico, quando o é. Conforme a situação este mau funcionamento é revelado.

Se colocar dois irmãos diante de uma situação difícil cada um terá um comportamento diferente.

NÃO SOMOS MOVIDOS PELO INCONSCIENTE, MAS SIM, PELO UNIVERSO VITAL E PSÍQUICO. QUE ESTÁ ALEM DO INCONSCIENTE. POIS O UNIVERSO VITAL REGE O CORPO E SEU FUNCIONAMENTO E TAMBÉM A MENTE, O EU, AS FUNÇÕES DO CORPO, REPRODUÇÃO, A TRANSCENDÊNCIA.


O INCONSCIENTE NASCE COM SUA BASE ESTRUTURAL PRONTA.

O SONHO É UMA FERRAMENTA VITAL, COM FUNÇÕES VITAIS E PSÍQUICAS E METABÓLICAS.

Ou seja, não tem origem sexual, libidinal, de pulsões e instintos, mas sim tem função vital a desenvolver com o seu funcionamento.

O desejo não é o desejo do outro, mas sim de si.

A mente e psiquê não se estrutura pelo outro, não existe pelo outro, mais se estrutura e existe por si e para si. E a base estrutural da mente já nasce com o ser.


A personalidade é parte da natureza vital e universo vital do ser vivo.

SER VIVO E PERSONALIDADE E FUNCIONALIDADE VITAL SÃO COMPONENTES DESTE UNIVERSO VITAL, QUE SE ESTRUTUROU NO SER VIVO DURANTE TODO DESENVOLVIMENTO DE SEUS ASCENDENTES.

Em cavalos e constatado que o comportamento, a aprendizagem, as emoções variam de raças para raça, e conforme a linhagem.

Ou seja, mesmo os animais possuem comportamento que se formou durante varias épocas antes daquele ser.

Assim, a personalidade é parte [componente] da sua natureza vital e universo vital que se formou durante milênios.

A personalidade não tem haver com o inconsciente vital, mas sim, inconsciente e personalidade são dois componentes do universo vital e fazem parte da sua natureza.

Inconsciente vital e personalidade trabalham juntos, e um não determina o outro.

E universo vital e natureza vital determina e produz os dois. Que é a inconsciente vital e a personalidade.


A PERSONALIDADE NÃO EXISTE COMO RESULTADO E PRODUÇÃO DO INCONSCIENTE, OU DOS INCONSCIENTES QUE FORMA O SER. MAS SIM, EXISTE COM RESULTADO E CONSEQUENCIA DO UNIVERSO VITAL.

A personalidade, o comportamento não é produto do inconsciente, inconsciente natural, inconsciente vital. Mas sim é produto do universo vital formado pela natureza vital que se formou durante todo processo de produção da vida daquele ser e de sua espécie e família biológica.

O universo vital que forma o ser vivo, todo seu funcionamento orgânico, reprodutivo, funcional, estrutural também forma o inconsciente, a personalidade, e a sexualidade.

Ou seja, a personalidade não depende do inconsciente para existir, mas sim, ambos dependem do universo vital.

Existem ramos de famílias que todos os irmãos e primos tem problemas psíquicos.


CENTRO DE CONTROLE DO FUNCIONAMENTO VITAL.

QUE DETERMINA A MENTE, O INCONSCIENTE, A PERSONALIDADE, O COMPORTAMENTO, O FUNCIONAMENTO VITAL E ORGÂNICO. E PRODUZ O UNIVERSO VITAL.

O mau funcionamento do universo vital que vai produzir doenças, em alguns na fase ainda nova, em outros na fase de amadurecimento ou velhice.

Em outros vai produzir neuroses, depressão, mau de pânico, psicose, síndromes de medo, angustia, insônia, pesadelos, etc.

Que tem haver com os processos metabólicos produzidos pelos organismos. Que já tem causa na origem pelo universo vital.

O centro de controle do funcionamento vital produz o universo vital, e que ambos vão produzir a funcionalidade do ser. Tanto física, química, metabólica, orgânica, estrutural, funcional, de inconscientes e conscientes, de personalidade, comportamento, emoções, sentidos, racionalidade, memória e pensamento lógico.

O universo vital e sua produção processam o funcionamento vital, que as características da funcionalidade deste universo vital será transmitida aos descendentes. E que conforme esta funcionalidade recebida o ser terá um tipo de personalidade, comportamento e psiquê.

O EU É UMA CONSEQUENCIA DO QUE É RECEBIDO PARA O FUNCIONAMENTO VITAL E A PRODUÇÃO VITAL.

ÓRGÃOS E FUNÇÕES DO ORGANISMO NA PRODUÇÃO DA PERSONALIDADE.

Uma pessoa com anemia –falta de ferro é uma pessoa triste e propensa a ter uma grande depressão se surgir algum abalo psíquico na sua vida.

Uma pessoa com problemas de rins é uma pessoa desanimada, cansada, triste e propensa ter problemas de depressão.

Uma pessoa com problemas do coração e circulação é uma pessoa alterada, e fica agressiva com facilidade. Ou seja, a densidade do sangue, a circulação deste sangue influencia no comportamento e personalidade da pessoa. Tem mais facilidade de se tornar um neurótico.

Uma pessoa com problemas de fígado tende a ter problemas comportamentais que podem mudar conforme situações adversas. Em momentos dóceis, em outros agressivo. Ou seja, é uma pessoa com diversas personalidades. E pode se tornar um neurótico sem passar por uma fase de depressão.

O metabolismo do organismo também determina a personalidade, que pode produzir um individuo triste, agressivo, eufórico, depressivo, ansioso.

Ou seja, a mente é um produto de todo universo vital, que age sobre o funcionamento do organismo, e que este funcionamento tem uma herança dos antepassados produzida pelo direcionamento, poder e universo vital.




A UNIFICAÇÃO GERAL ACONTECE EM TODOS OS FENÔMENOS FÍSICOS, QUÍMICOS, BIOLÓGICOS, ASTRONÔMICOS E COSMOLÓGICOS.

Pois em tudo há processos e produção de energia regendo todos os fenômenos. Pois a energia do oxigênio tem função primordial na estruturação vital e no corpo do ser vivo. Sem o oxigênio o ser não só deixa de viver, mas o oxigênio mantém a armação do corpo do ser vivo.

Mantém também a energia vital pelos processos produzidos pela energia do elemento químico oxigênio.

Ou seja, a vida é produzida e mantida por elementos químicos e processos físicos produzidos por estes elementos.

E que os processos produzem a energia e temperatura do corpo vital. E que tem ação a função primordial no funcionamento dos neurônios, do cérebro, da mente, da memória, da psiquê. Por isto que pessoas de idade elevada passa ter esquecimentos.

Uma pessoa com pouco oxigênio no cérebro tenderá a ter distúrbios mentais. Isto se confirma em pessoas com o crânio muito pequeno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário